PUBLICIDADE

Faixa exclusiva rende ganho de velocidade de até 200%

A assistente administrativa Aline Cruz, 30, faz parte das mais de 1,5 milhão de pessoas na Capital que dependem do transporte coletivo no trajeto casa - trabalho. O desafio diário de enfrentar o trânsito em horário de pico entre a Granja Lisboa, aonde mora, até o seu local de trabalho, no bairro Aldeota, é amenizado por faixas exclusivas para ônibus, o que lhe rende um tempo total de 50 minutos. A estratégia, segundo a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), já rende atualmente um ganho de velocidade que pode ultrapassar os 200%.

Dentro do seu deslocamento, Aline passa pelas faixas da Avenida Osório de Paiva e Avenida da Universidade. Esta última completa três anos de sua implantação no fim deste mês, com a velocidade operacional dos ônibus ampliada em até 70%, resultando numa redução média de 6,3 minutos, conforme dados da Etufor. Contudo, a via com resultado mais efetivo, segundo destaca o coordenador de planejamento do órgão, Miguel Ferreira Guimarães, é a Santos Dumont, com velocidade 217% superior se comparado a antes da implantação da faixa, uma economia média de 31,3 minutos para quem se desloca nos ônibus.

Em números, a via é seguida pela Avenida Carapinima, com velocidade 159% maior com a utilização da faixa exclusiva e economia de tempo de 10,5 minutos; e a Avenida Dom Luís, com velocidade elevada em 143% e redução de 14,6 minutos no trajeto. A Avenida Bezerra de Menezes, que faz parte do corredor exclusivo Antônio Bezerra Centro, tem velocidade ampliada atualmente em 91%, diminuindo 13,6 minutos na viagem dos usuários.

Espera

Um menor tempo de deslocamento viário está dentro do que pressupõe as políticas de mobilidade urbana nas grandes metrópoles. Para os usuários do transporte coletivo, isso resulta, ainda, no menor tempo de espera pelo coletivo nos pontos de parada. Quem anda de ônibus já perde tempo porque param muito nos pontos, então ter a faixa exclusiva é muito bom pela agilidade que ela traz, especialmente no horário de pico. Na Santos Dumont, por exemplo, um percurso que levei 35 minutos para fazer de carro consegui fazer em 20 minutos de ônibus. Essa é a única vantagem de ser pobre , comenta Aline Cruz.

O taxista Valdir Guimarães, 46, também encontra vantagens no exercício da sua profissão. Segundo comenta, o deslocamento mais rápido por uma maior quantidade de faixas exclusivas na cidade resulta em mais corridas durante o dia. Ajuda muito no trânsito. Antes eu levava 50minutos numa corrida do Meireles até o Iguatemi. Hoje eu faço em apenas 10 minutos por causa da faixa de ônibus da Avenida Antônio Sales , diz.

Para ter o privilégio de sair de casa um pouco mais tarde, o estudante Tiago dos Santos, 32, mudou o trajeto até o trabalho, privilegiando vias que já dispõem das faixas exclusivas. Apesar de pegar dois ônibus, diferente da rota original, o tempo de chegada acaba sendo menor. Prefiro assim do que pegar apenas um ônibus e ficar preso em congestionamentos. Espero mais faixas na cidade, principalmente nos bairros mais periféricos , diz.

Fortaleza, conta, atualmente, com 24 km de faixas exclusivas em 98,2 quilômetros de extensão. Outros locais seguem em fase de estudo para implantação ainda este ano, segundo informou o coordenador de planejamento da Etufor, Miguel Ferreira Guimarães.

Lembrando que trafegar de forma irregular nesses espaços gera infração gravíssima, multa no valor de R$ 293,47 e sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Fica restrito à ônibus, táxi, vans e veículos de transporte escolar a circulação nas faixas de segunda à sexta-feira, das 5h às 21h e aos sábados, de 5h às 16h. Após esses horários e aos domingos e feriados a circulação é livre.

Ampliação

De acordo com dados da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), no entanto, o desrespeito a esses espaços vem diminuindo na Capital. Foram registradas 84.095 autuações no primeiro semestre de 2016, caindo para 48.151 no mesmo período deste ano, variação de 42%. A queda é atribuída, segundo a Autarquia Municipal de Trânsito, a ampliação desses espaços exclusivos na cidade, resultando numa mudança cultural dos motoristas por compreenderem a importância de priorizar o transporte coletivo.


Fonte:  DIÁRIO DO NORDESTE - ON LINE - CE  - http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/cidade/faixa-exclusiva-rende-ganho-de-velocidade-de-ate-200-1.1810038

PUBLICIDADE