PUBLICIDADE

Goiânia (GO)

O projeto de BRT em Goiânia, conhecido como Eixo Anhanguera, liga a cidade de Leste a Oeste. Foi implantado na década de 1970, porém a eficiência dos ônibus que não eram articulados foi caindo por causa do grande crescimento da cidade e pelas construções de diversos semáforos ao longo do caminho, tempo depois, foram implantados os ônibus articulados e a construção de plataformas de embarque. Em 2015 ocorreu a ampliação do sistema com o início da construção da linha Norte-Sul.


 

Obras


NORTE-SUL

O projeto de BRT Norte-Sul iniciou suas obras e ira entregar a população de Goiânia um corredor exclusivo com 21,8 quilômetros de extensão e interligará as regiões Sul e Norte da capital goiana. O BRT beneficiará cerca de 120 mil usuários por dia. A capacidade de transporte em horários de pico será, em média, de 15 mil pessoas. O projeto prevê a utilização de 93 ônibus, que irão operar em quatro linhas, circulando na velocidade estimada de 28 km/h. A frota irá atender 148 bairros da capital e o município vizinho, Aparecida de Goiânia. Ao todo, serão 39 plataformas de embarque e desembarque, além de seis terminais.

Saiba um pouco mais dos corredores de BRT de Goiânia


LESTE-OESTE

Foi inaugurado em 1976 e atende uma média de 20 mil passageiros diariamente. Com extensão de 13,5 quilômetros, o corredor tem 19 estações que ligam a cidade de leste a oeste.




QUEM CUIDA DESSE SISTEMA BRT?
Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC)
Telefone: 0800 648 2222
Site: www.rmtcgoiania.com.br

PUBLICIDADE